Série os malas – Cláudio Boca Preta, fofoqueiro do WhatsApp

Vote no seu mala preferido.

Cláudio Boca PretaCláudio Boca Preta compete com Agostinho Santos a posição de mala mais desempregado de Bom Despacho. Não trabalha. Vive de bicos. Costuma fazer de conta que é advogado para arrancar um dinheirinho de viúvas que precisam receber pensões no INSS.

Quando não está à espreita delas, está pelas ruas fofocando. Agora, se não estiver nas ruas fofocando, está em casa, agarrando no WhatsApp e falando mal da vida das pessoas.

Também como Agostinho Santos, mal consegue desenhar um O com o fundo de um copo, mas fala como se soubesse muito de tudo. Dá pena, porque para falar tanto e tantas besteiras, tem que usar os cotovelos e partes menos nobres como órgãos fonadores.

Para Cláudio Boca Preta, não importa se o ano tem eleições ou não, ele está sempre em atividade máxima, cuidando da vida alheia. Por isto, quem quer espalhar qualquer boato, já sabe: conta para o Cláudio. Num piscar de olhos, a cidade inteira já saberá.

É por causa desta habilidade inesgotável e inigualável de fazer fofoca, meter-se na vida de todos, e de falar pelos cotovelos que Cláudio Boca Preta concorre ao título de Maior Mala de Bom Despacho. Vote aqui

Clique aqui para saber como manter seu anonimato na Internet