Série improbidade – Vereadores garantem que Joice Quirino comprou a presidência

A prova da compra estaria num cheque que ela passou para o vereador Anderson do Gás

Joice QuirinoNa eleição para a presidência da Câmara os vereadores ficaram divididos com quatro de cada lado e o Ânderson do Gás no meio. Quando percebeu que estava em posição vantajosa, Ânderson começou a negociar com os dois lados e colocou seu voto à venda. Jogando com os dois lados, ele indicava que votaria no candidato que pagasse mais. Alguns vereadores estavam dispostos a negociar com ele aquele toma-lá-dá-cá típico do legislativo em que um aprova o projeto de lei do outro, e pronto. Mas Ânderson queria comprar umas vaquinhas e não perdeu a oportunidade. Primeiro, pediu umas vaquinhas de presente mas quem ouviu, não entendeu que ele queria trocar seu voto por elas. Aí ele foi para o outro lado e aceitou dinheiro mesmo.

Anderson do GásFoi pago com um cheque de oito mil reais e com ele correu para comprar suas vaquinhas. Assim ele conseguiu as vacas e a vereadora Joice conseguiu a presidência da Câmara.

Esta história já foi levada ao conhecimento do Ministério Público, mas morreu lá. Os apoiadores da Joice dizem que é mentira, que não tem cheque nenhum, mas tem um jeito fácil de saber e colocar isto em pratos limpos logo, é só a presidenta entregar cópia dos seus cheques aos colegas. Se entre eles não existir o cheque das vaquinhas, a história é falsa, mas se existir, a história é verdadeira. Mas se ela não fizer isto, sua história vai ficar manchada pois quem compra voto para se eleger presidenta da Câmara é capaz de comprar muito mais para se tornar prefeita.

Joice atrasa gratificação dos servidores


Veja também Os Malas de Bom Despacho A Curva do Rio Os sem noção Vote no seu mala preferido